Meu Emagrecimento - Reeducação Alimentar uma análise Nutricional
   
 
   



BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Saúde e beleza, Música
 

  Histórico

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros sites
 Ana
 Andreia
 Ca Piccolotto
 Cacau
 Claudia
 cookie
 Cris
 De
 Evelize
 Gi
 Nilza
 Kris
 Lu
 Lu Francesa
 Magda
 Marta
 Mima
 Monise
 
 
 SOL
 Sara
 Mel
 Bartira
 Carol
 Nika
 Ellen
 kelly cristina
 Regina
 Cecilia
 Elaine
 Gizela
 Gislaine Ramos
 Denise
 Bia
 Cucalelé
 Lidi
 Ivynha
 Evinha
 Daniela
 LuRussa
 Beth
 Fernanda
 Chris
 Micheli
 Elaine (Serei Sereia)
 Marcos
 MissY_KiTtY
 Daniela
 Cacauzinha
 Neidinha
 Fofinha
 Lili Marlene
 Flávia Mello
 Fabiana
 Ivy
 Janna
 Ana Claudia
 Garota
 Laura
 Rosi
 Tereza
 Larissa
 Drê
 Cristiane
 Bine
 Lizanilda
 Sofia
 Andreza
 Carol
 Erika
 Cris
 Ma
 Cacauzinha
 Paloma
 Adriana
 Aline
 Carina
 Jana
 CRISTY
 Alana
 Pri
 Lila
 Regiane
 Paty
 Evelize2
 Diva
 Keka
 Daisa
 Thendara
 Debbie
 Joice




 

 
 

O poder das proteínas

O poder das proteínas

As proteínas são substâncias responsáveis por construir e reconstruir o tecido muscular. Elas promovem o crescimento dos cabelos e unhas, participam na produção de hormônios, impulsionam o sistema imunológico e renovam as células vermelhas do sangue. São formadas por aminoácidos não essenciais, produzidos pelo nosso próprio organismo, e essenciais, adquiridos através da alimentação.

Precisamos consumir proteínas diariamente, mas há períodos em que a necessidade do nutriente é maior, como durante o crescimento, após cirurgias, quando estamos feridos, durante a gestação, etc. A recomendação geral de consumo é de 0,8g de proteína por cada quilo de peso corporal. No entanto, algumas pessoas têm necessidade protéica maior do que outras. São elas:

- Atletas de resistência ou que façam exercícios físicos intensos. Em geral, são indicados, para eles, de 1,3g a 1,5 g de proteína / kg de peso corporal.

- Pessoas em dietas com pouquíssimas calorias. A proteína é, então, utilizada como fonte de energia e não para construir e reparar tecidos.

- Pessoas destreinadas que estão iniciando um programa de exercícios. Tal nutriente é essencial para a construção muscular.

- Adolescentes em crescimento. Eles precisam de muita proteína, tanto para o crescimento quanto para a prática esportiva.

O excesso de proteína pode ser utilizado como fonte de energia, mas também pode prejudicar a saúde e o desempenho físico. Quem consome o nutriente de forma exagerada, normalmente urina mais – isso em função da transformação das proteínas em uréia, substância eliminada pelo xixi. E, cá entre nós, idas freqüentes ao banheiro podem prejudicar o treinamento, além de aumentar o risco de desidratação e sobrecarga dos rins.

Sendo assim, é necessário que a quantidade do nutriente no seu cardápio diário esteja adequada. Cada refeição deve conter pelo menos uma fonte de proteína. São elas: proteínas animais – encontramos na carne vermelha, nos peixes, aves, vísceras, ovos, leites, queijos, iogurtes, etc – e proteínas vegetais, encontradas em alimentos como soja, amêndoas secas, manteiga de amendoim, feijão, sopa de lentilha e tofu.

Escrito por Liasantis às 13h34
[] [envie esta mensagem
] []


 

 
[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]